© 2017 par Clémence Rodde (Sozinha)

  • YouTube
  • page facebook

MUSIQUE : dans la roda

É só prestar atenção

 

É só prestar atenção

esta luta brasileira é Capoeira meu irmão

Coro : É só prestar atenção, esta luta brasileira é Capoeira meu irmão

Agora eu quero ouvir berimbau Coro : Agora eu quero ouvir berimbau

Agora eu quero ouvir o pandeiro

Coro :  Agora eu quero ouvir o pandeiro

Agora eu quero ouvir atabaque

Coro : Agora eu quero ouvir atabaque

Agora eu quero ouvir o grito 

Coro : É O É O

Dendê e de Angola

Dendê o dendê
dendê o dendê
Dendê é de Angola
Angola é de dendê

Coro : Dendê o dendê
dendê o dendê
Dendê é de Angola
Angola é de dendê

Mestre Pastinha

Coro : Foi embora

Mestre Bimba

Coro : Foi embora

João Pequeno

Coro : Foi embora

A bananeira caiu

 

O facão bateu em baixo

Coro : A bananeira caiu

O facão bateu em baixo

Coro : A bananeira caiu

Cai cai bananeira
Coro : A bananeira caiu

Cai cai bananeira
Coro : A bananeira caiu

Cai cai bananeira

Coro : A bananeira caiu
Rabo de Arraia e nao rasteira

Coro : A bananeira caiu

Cai cai bananeira
Coro : A bananeira caiu

Chant du mois

Dona Maria, seu gato deu 

Dona Maria, seu gato deu

deu uma tapa na cara do meu

Dona Maria, seu gato deu

duas patadas na cara do meu

Dona Maria, seu gato deu

seu gato deu, seu gato deu

Dona Maria, seu gato deu

seu gato deu, seu gato dá

Dona Maria, seu gato deu

patada de gato não mata ninguem

Dona Maria, seu gato deu

na ladeira de nagé

Dona Maria, seu gato deu

minha mãe não sei quem é

Dona Maria, seu gato deu

lá na roça também tem

Dona Maria, seu gato deu

uma pancada na bunda meu

Dona Maria, seu gato deu

 
 
 
  • A bananeira caiu

  • A palma de Bimba

  • Aqui na minha casa não faltadendê

  • Deixa o negro vadiar

  • Dendê e de Angola

  • É só prestar atenção

  • É jogo praticado na terra de Săo Salvador

Filho de Bimba não pode cair 

Folha seca

Joga Bonito

Que Eu Quero Aprender

Lá lauê

  • Maior é Deus

  • Marinheiro sou

  • Meu patuá

  • Nossa cor

  • Pega pega, larga larga, laça laça laçador

Quem vem lá? Sou eu

Sinhá

Vem jogar mais eu mano meu

Please reload

Aqui na minha casa nao falta dendê de Cocada (Capoeira Arte)

Eee aruandê

Eee aruandê
Aqui na minha casa

não falta dendê

Coro : Eee aruandê Eee aruandê
Aqui na minha casa

não falta dendê

Aqui na minha casa

Coro : não falta dendê


É jogo praticado na terra de Săo Salvador

Mestre Suassuna

Oi meu mano,
O que foi que tu viu la,
Eu vi Capoeira matando,
Tambem vi maculelę, Capoeira

Coro : É jogo praticado na terra de Săo Salvador

Sou discipulo que aprende,
Sou mestre que da liçăo,
Na roda de Capoeira,
Nunca dei um golpe em văo, Capoeira

Coro

e capoeira

Coro

Manuel dos Reis Machado,
Ele é fenômenal,
Ele é o Mestre Bimba,
Criador do Regional, Capoeira

Coro

Capoeira é luta nossa,
Da era colonial,
Nasceu foi na Bahia,
Angola e Regional, Capoeira

Coro

No dia que eu amenheço
Danado da minha vida
Planto cana descascada
Com seis dias tá nascida, Capoeira

Coro

A palma de Bimba

Mestre Itapoa

A palma estava errada
Bimba parou outra vez
bata esta palma direito
a palma de Bimba e um dois tres
olha a palma de bimba

 

E Um Dois Tres

olha a palma de Bimba

Coro : E Um Dois Tres

Se voce e devoto de Bimba
na roda ele vai lhe ajudar
mas se nao e sai correndo
que a roda ta aberta e o bicho vai pegar
e a palma de Bimba

Coro : E Um Dois Tres

e a palma de Bimba

Coro : E Um Dois Tres

A quadra estava errada
Bimba parou outra vez
cante esta quadra direito
a palma de Bimba e um dois tres
olha a palma de Bimba

Coro : E Um Dois Tres

A iuna estava errada
Bimba falou outra vez
nao matrate esta ave moleque
e a palma de Bimba e um dois tres
olha a palma de Bimba

Coro : E Um Dois Tres

A ginga estava errada
Bimba parou outra vez
o ginga bonito moleque
e a palma de Bimba e um dois tres
olha a palma de Bimba

Coro : E Um Dois Tres

Hymne du groupe

Mestre Cobrinha

Deixa o negro vadiar

Mestre Suassuna

 

O negro ta vadiando
Deixa o negro vadiar

Coro : O negro ta vadiando
Deixa o negro vadiar

Vadia vadia vadia negro

Coro : Deixa vadiar

 
 
 

Filho de Bimba não pode cair 

Vem a chuva, vem o vento
corre a água na pedreira
cai a folha do cajueiro
cai a manga da mangueira
só não cai filho de Bimba
que é bamba de Capoeira
cuidado menino o som vai subir

filho de Bimba não pode cair

não pode cair, não pode cair

Coro : filho de Bimba não pode cair

Folha seca

Eu pisei na folha seca
Eu ouvi fazer xuê, xuâ
xuê, xuê, xuê, xuâ

Coro : eu ouvi fazer xuê, xuâ
xuê, xuê, xuê, xuâ

Coro : eu ouvi fazer xuê, xuâ

Joga Bonito

Que Eu Quero Aprender

Joga bonito que eu quero aprender

A capoeira e maculele

Coro : Joga bonito

Que eu quero aprender

A capoeira e maculele

A capoeira e maculele

Coro : A capoeira e maculele

Joga bonito que eu quero aprender

Samba de roda e maraçatu

Coro : Joga bonito

Que eu quero aprender Samba de roda e maraçatu

Samba de roda e maraçatu

Coro : Samba de roda e maraçatu...

Lá lauê


Lá lauê lauê lauê lauê

Lá Lá Lá lauê
Coro : Lá lauê lauê lauê lauê
Que som o que arte é essa
de luta e brincadeira
Que roda maravilhosa é essa
é o batuque capoeira
Em cada som, em cada toque
em cada ginga, tem um estilo de jogo

Coro : Em cada som, em cada toque
em cada ginga, tem um estilo de jogo

Lauê lauê lá

Coro : Lá lauê lauê lauê lauê

lá lauê lauê

Coro : Lá lauê lauê lauê lauê

Maior é Deus

de Mestre Pastinha

 
Maior é Deus
Maior é Deus
Pequeno sou eu
O que eu tenho

foi Deus que me deu
O que eu tenho
foi Deus que me deu
Na roda da capoeira

 

 
 
 
 
 
 

Quem vem lá? Sou eu 

Mestre Suassuna

Quem vem lá? Sou eu
Quem vem lá? Sou eu
Berimbau bateu
Capoeira sou eu

Coro : Quem vem lá? Sou eu
Quem vem lá? Sou eu
Berimbau bateu
Capoeira sou eu

Eu venho de longue
Venho da Bahia
Jogue Capoeira
Capoeira sou eu

Coro : Quem vem lá? Sou eu
Quem vem lá? Sou eu
Berimbau bateu
Capoeira sou eu

Ę sou eu, sou eu
Coro : Quem vem lá
Sou eu Brevenuto

Coro : Quem vem lá
Montado a cavalo

Coro : Quem vem lá
Fumando charuto

Coro : Quem vem lá

Nossa cor

Auê auê auê

Le le le le le le le leo

Coro : Auê auê auê

Le le le le le le le leo

Tá no sangue da raça brasilera
capoeira

Coro : É da nossa cor

Berimbau

Coro : É da nossa cor

Atabaque

Coro : É da nossa cor

E pandeiro

Coro : É da nossa cor

Auê auê auê

Le le le le le le le leo

Coro : Auê auê auê

Le le le le le le le leo

Marinheiro sou

Eu não sou daqui
Coro : marinheiro sou
eu não tenho amor

Coro : marinheiro sou
eu sou da Bahia

Coro : marinheiro sou
de são salvador

Coro : marinheiro sou
o marinheiro marinheiro

Coro : marinheiro sou
quem te ensinou a nadar

Coro : marinheiro sou
o foi o tombo do navio

Coro : marinheiro sou
o foi o balanço do mar

Coro : marinheiro sou
la vem la vem

Coro : marinheiro sou
ele vem faceiro

Coro : marinheiro sou
todo de branco

Coro : marinheiro sou
com seu bonezinho

Coro : marinheiro sou

Pega pega, larga larga, laça laça laçador

e o boi fugiu da fazenda do senhor
e o boi fugiu da fazenda do senhor
vaqueiro tava dormindo, quando o mandado chegou
vaqueiro velho mas ainda é caçador
calça de sola, colete de couro crú
lá vem o vaqueiro velho no rastro do boi Zebu
pega, pega, larga, larga, laça, laça, laçador e o boi fugiu da fazendo do senhor

Coro : pega, pega, larga, larga, laça, laça, laçador

mas tudo é capoeira onde o boi se embananou

Coro

oi vaqueiro velho mas ainda é laçador

Coro

e o boi fugiu da fazenda do senhor

Coro

oi vaqueiro velho mas ainda é caçador

Coro

Vem jogar mais eu mano meu

Vem jogar mais eu
Vem jogar mais eu mano meu

Vem jogar mais eu
Vem jogar mais eu mano meu

Coro : Vem jogar mais eu mano meu
Vem jogar mais eu meu irmão

Vem jogar mais eu
Vem jogar mais eu mano meu

Meu patuá de Casquinha  (CdO)

 

Foi na Bahia que eu mandei fazer
Foi na Bahia que eu mandei preparar
Meu patuá meu pai meu patuá
Meu patuá pra me proteger

Coro :
Foi na Bahia que eu mandei fazer
Foi na Bahia que eu mandei preparar
Meu patuá meu pai meu patuá
Meu patuá pra me proteger 

Fui convidado pra uma roda de gingante
Com dois pandeiros e três berimbaus
E um atabaque tocando maneiro e sereno
É a roda que já vai começar

Coro
 

Era domingo, era um dia de oferendas
E eu levei flores pra iemanjá
Fui celebrar Janaina, Rainha menina
Iemanjá que é a dona do mar

Coro

E na Bahia um mestre velho mandingueiro
Abriu a roda, fazendo uma louvação
Cantou bem forte o lamento
Me dando a benção
Era a hora de eu sair pra jogar

Coro

Meu patuá é meu berimbau sagrado
É minha vida e também o meu cantar
É os meus amigos sorrindo
Sempre junto comigo,

na volta que o mundo dá

Sinhá

Sinhá

Vou jogar capoeira
lá na Ribeira, lá em Maré
Eu falei pra sinhá
Vou jogar capoeira
Eu falei pra sinhá
lá no Abaeté
e a luz das candeias vai iluminar meus caminhos de fé

Coro : Sinhá
Vou jogar capoeira
lá na Ribeira, lá em Maré
Eu falei pra sinhá
Vou jogar capoeira
Eu falei pra sinhá
lá no Abaeté
e a luz das candeias vai iluminar meus caminhos de fé

Sinhá mora na casa grande, la tem tudo que ela quiser
Foi passear na Senzala e lá aprendeu a jogar
A mandinga da Angola e o jogo da Regional
Sinhá se apaixonou pela dança com ela aprendeu a jogar
Eu falei pra sinhá

Coro